Bate-papo: Chef Herve Tassigny

15 de Abril de 2017

Share

Vote nesse post
[Total: 0    Média: 0/5]
O chef francês Hervé Tassigny, 55 anos está em Fortaleza há 25 anos, quando veio para casar-se com uma cearense. Na capital alencarina, passou pro diferentes restaurantes e agora aposta no ensino da Gastronomia, sendo professor da Unichristus. Afinal, ele tem muito para compartilhar. Confira nosso bate-papo.

Qual é a sua trajetória como chef? Como começou na gastronomia?

Sempre cozinhei desde da adolescência. Tive o privilegio de ter nascido numa família de com cozinheiras de alto nível : mãe e avó paterna. Completei meu conhecimento na Cordon Bleu de Paris (2000-2002) e em estágio com o renomado chef Christian Constan (duas estrela Michelin). Abri meu primeiro restaurante, em Fortaleza, em 1992. Era o Taco Loco, um estabelecimento com caráter mexicano, mas com a falta de produtos na época acabei incluindo pratos da culinária francesa. Conquistei ali a minha clientela pelo padrão constante de qualidade até 1996. O restaurante que fez história na cidade foi o La Nuit (1997- 2002). Nessa época, já tínhamos mais acesso a produtos importados e o restaurante conquistou várias premiações e foi qualificado por um jornalista como o restaurante que apresentou “o serviço” para cidade.

Por quais outros restaurantes passou? 

Nesse período, dei varias consultorias em hotéis e restaurantes. Também estive no Lautrec, no Shopping Bouganville. Em seguida, o Le Parisien e o Piaf restaurante. Todos foram premiados com “Melhor francês” em Fortaleza em seus diferentes momentos.

Como tem sido a experiência de ensinar no curso de gastronomia?

Eu diria que descobri a minha vocação dentro da profissão de chef de cozinha. É muito gratificante ver a evolução dos alunos e um privilégio ensinar numa instituição de alto nível, como a Unichristus.

Em paralelo, você está trabalhando com eventos, né?! Como funciona?

O ” l’Atelier” funciona dentro de um casarão no estilo lisboeta, onde também funciona uma importadora de vinho, e possui uma adega com referências ao velho mundo. Lá, recebo evento para até 55 pessoas. É um formato ideal para mini wedding, aniversários e eventos corporativos. Fica na Rua Prof. Edimilson Barros de Oliveira, 99, Cocó.

Informações sobre eventos: (85) 3258-9000.

Comentários

Comentários

Jornalista especializada em Gastronomia. Gosta de comer de tudo. As boas experiências conta aqui, as ruins só pessoalmente. Além do blog, é assessora de comunicação e marketing digital e editora do caderno Sabor (jornal Diário do Nordeste).