Muda meu mundo: Pequenos agricultores cearenses plantam saúde

0
1538
Agricultores (Foto: Natália Rocha)

Por Juciana Gurgel

Especial para o Sabores da Cidade

Agricultores (Foto: Natália Rocha)

Em boa parte da vida, Sr. Vicente foi um homem da cidade, um emprego atrás de um birô, o trânsito intenso, a vida agitada. Mas antes mesmo de se aposentar, ele fez uma compra que mudaria sua vida, um sítio na cidade de Pindoretama, onde começou morar junto com sua esposa, quando o trabalho no escritório virou passado. O Sítio 33 cresceu em plantações e trabalho, e o Sr. Vicente chamou o filho Diego para ajudar. Na nova vida dessa família entrou o projeto Muda Meu Mundo, mostrando que a terra daquele sítio tinha um grande potencial de gerar saúde.

O Sr. Vicente é apenas um dos pequenos agricultores que a startup Muda Meu Mundo começou a ajudar. Segundo Priscila Veras, umas das responsáveis pelo projeto junto com a irmã Deborah, a ideia é orientar o agricultor desde o plantio, colheita, até o final do processo na comercialização da matéria-prima e produtos fabricados por eles próprios. Essa capacitação leva em conta em ensinar como manter uma cadeia sustentável, e principalmente as vantagens da agroecologia, primando pelo eliminação do agrotóxico e usando quase 100% do produto, sem descartes e desperdícios. O social também é importantíssimo, então o bem-estar das famílias agrícolas conta muito nessa empreitada que as irmãs resolveram trilhar.

Débora e Priscila – Muda Meu Mundo – (Foto: Natália Rocha)

No município de Pindoretama, elas atendem sete agricultores, entre eles também o Sr.Assis, que explica onde está a maior dificuldade dos agricultores em desistir do agrotóxico. “Com o agrotóxico, eles produzem uma maior quantidade, com frutas e legumes visivelmente mais bonitas, assim vendem mais, é isso que eles olham, não conseguem entender que faz mal a terra, pra quem consome e a eles mesmo”, fala um consciente Sr.Assis.

Conhecemos todos esses personagens da nossa agricultura familiar na 1ª Incursão Agroecológica promovida pela Muda Meu Mundo. São cerca de 50 famílias agrícolas que o projeto atende e o objetivo das responsáveis é aumentar essa cadeia, e assim tornar mais acessível os produtos saudáveis. Priscila e Deborah partem agora para outros projetos, um deles que vai começar no município de Chorozinho apenas com mulheres. Mas esta é uma história para se contar em outra oportunidade.

Para ajudar a promover e a vender os produtos orgânicos e saudáveis, o Muda Meu Mundo promove feiras em Fortaleza. Se quiser garantir a sua verdura fresquinha e livre de agrotóxicos fica atento a essa agenda do mês de março que já começa nesse final de semana:

Feira Agroecológica

3 e 17 de março – Praça das Flores (Av. Desembargador Moreira S/N – Aldeota)

4 e 18 de março – Lago Jacarey (Av. Viana Weyne S/N – Cidade dos Funcionários)

24 de março – Praça do Bem (Rua Bento Albuquerque, 2010 – Cocó)

 

Comentários

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui