Escola de Gastronomia Social realiza mostra de cultura alimentar

Estudantes e pesquisadoras apresentarão resultados das formações realizadas em Fortaleza e interior do Ceará em programação gratuita e aberta ao público

A Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco (EGSIDB), equipamento da Secretaria da Cultura do Ceará (Secult), gerida pelo Instituto Dragão do Mar (IDM), realiza de 17 a 19 de março, a II Mostra de Gastronomia Social e Cultura Alimentar. A programação contará com uma série de atividades abertas ao público, mediante inscrição gratuita. 

No dia 17, o público poderá conferir os resultados do Laboratório de Criação. Max Jaques, chef, pesquisador do Instituto Brasil a Gosto (SP), encerra o dia com uma palestra. No dia 18, professores e pesquisadores participarão de um roteiro por Fortaleza com paradas em locais impactados pelas atividades da Escola, como o local de trabalho de uma ex-aluna, que agora atua como chef de cozinha; visitar um dos pesquisadores do Laboratório e, concluindo, em uma cozinha comunitária participante do programa Cozinhas Sociais. Ainda na sexta, a partir das 17h30, a chef e consultora Lidiane Barbosa (SP) ministra palestra. Já no dia 19, a partir das 9h, o público poderá participar de oficinas de culinária e conhecer produtores de alimentos orgânicos ou agroecológicos. A partir das 19h30, acontecerá o lançamento do documentário do Laboratório de Criação em evento para convidados.  Antes da Mostra, a Escola também lançou uma programação de cursos com temas relacionados ao evento. As aulas seguem até 18 de março em formato presencial e as inscrições aconteceram na semana anterior. 

“Durante a construção do aprendizado os estudantes tiveram contato com as várias faces da gastronomia: cultura alimentar cearense; respeito aos ingredientes; uso de técnicas; consumo consciente; sustentabilidade na prática do processo de trabalho e valorização da cadeia produtiva. A nossa proposta é  valorizar as identidades alimentares do povo cearense e assim fortalecer nossos produtos numa construção coletiva com alunos, pesquisadores e comunidades”, afirma Lina Luz, coordenadora geral e de cultura alimentar.

Selene Penaforte, superintendente do equipamento, afirma ainda que a Escola vem se destacando no cenário local e nacional por propor e desenvolver ações de pesquisa e formação, fortalecendo os conceitos de Cultura Alimentar e Gastronomia Social. “A Escola integra as ações e políticas culturais da rede de equipamentos públicos da SECULT ao fomentar vocações do Estado por meio de trabalhos de impacto social e cultural”, destaca Selene.

Programação aberta ao público 

17/03 – quinta-feira (Cozinha Show)

8h – Inscrição e Credenciamento por ordem de chegada

9h20 às 11h – Apresentação de resultados do Laboratório de Criação: “PANC na Lagoa dos Cavalos- Do plantio à mesa” (Russas) e “Aproveitamento da Crueira e Manipueira – AMACRUEIRA” (Itapipoca)

13h30 – Inscrição e Credenciamento por ordem de chegada

14h30 às 16h – Apresentação de resultados do Laboratório de Criação: “Bolo das Noivas de Santo Antônio de Barbalha” (Barbalha) e “Horta na escola: plantando e colhendo com a comunidade” (Fortaleza).

16h30 – Inscrição e Credenciamento por ordem de chegada

17h30 – Palestra com Max Jacques

18/03 – sexta-feira (cozinhas básica, de confeitaria e de panificação)

Encerramentos dos cursos básicos (inscrições realizadas na semana anterior)

17h30 – Inscrição e Credenciamento por ordem de chegada

18h30 – Palestra com Lidiane Barbosa

19/03 – sábado (Recepção, Cozinha Show, Cozinhas de Confeitaria e Panificação)

8h – Inscrição e Credenciamento por ordem de chegada

9h às 12h – 6 oficinas de culinária / Exposição e venda de produtos agroecológicos. Temas: O sertão vai vir ao mar! com Michel Abras; Pão de coco na quenga, com Flávio Costa; Bolo de Babaçu com Mattu Macedo; Cozinha do mar: da pesca artesanal ao prato  com Iury Melo; Farnel de sonhos com Franzé Melo; Brigadeiro três amores com Natalia, Mayara e Stéfanie.

Sobre a Escola – Equipamento da Secretaria da Cultura do Ceará (Secult), a Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco (EGSIDB) é gerida pelo Instituto Dragão do Mar (IDM) e faz parte do Cultura em Rede, programa da Secult Ceará que integra ações e políticas culturais na sua rede de equipamentos públicos. O centro de formação, inaugurado em 2018 no bairro Cais do Porto, é um espaço formativo que associa ensino, pesquisa e compromisso social, reconhecendo a riqueza da forma de se alimentar do cearense, os diversos tipos de saberes, a cadeia de produção, promovendo a inovação de produtos, incentivando o empreendedorismo social, qualificando para o mercado de trabalho e contribuindo para o combate à fome, por meio de cursos de longa e curta duração, que acontecem dentro da Escola e em comunidades pelo Ceará. O nome da Escola é uma referência ao empresário Ivens Dias Branco (em memória), do grupo M. Dias Branco, que financiou a sede doada para o Governo do Ceará, em uma parceria público-privada.

AGENDE-SE

II Mostra de Gastronomia Social e Cultura Alimentar

De 17 a 19 de março de 2022 – Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco

Endereço: Rua Manuel Dias Branco, 80 – Cais do Porto, Fortaleza-CE. Mais informações: (85) 3263-9726 | (85) 3248-8091| Instagram: @escolagastronomiasocial | site: www.gastronomiasocial.org.br

Inscrição e credenciamento por ordem de chegada antes de cada atividade. Os participantes deverão apresentar documento, comprovante de vacinação contra COVID-19 e usar máscara. Os interessados poderão solicitar certificado de participação.

Comentários

Comentários

Latest articles

Related articles

spot_img