3º Festival de Gastronomia e cultura do Aracati supera expectativas

0
2580

A rua Grande cheia de pessoas em busca de experiências gastronômicas marcou o sucesso do evento em 2019, realizado entre os dias 25 e 27 de outubro

A alegria de viver um festival gastronômico no Ceará tem se consolidado graças ao Festival de Gastronomia e Cultura do Aracati. O evento, em sua 3ª edição, recebeu cerca de 25 mil pessoas em três dias de atividades gastronômicas e culturais ao longo da bela rua Grande, como é conhecida a rua Coronel Alexanzito, tombada como patrimônio histórico e nacional. Os dados são da organização do Festival, que contou com 21 artesãos na Arena Artesanto, 10 expositores na Arena Doce Sabor, 6 expositores na Arena agricultura familiar e 30 stands de estabelecimentos de Aracati e localidades próximas na arena gastronômica.

A cocada com castanha (R$ 4) do Rei da Cocada (@maciel.izaque e @lucas5575silva) foi uma das sobremesas queridas durante o evento. Os meninos são sócios, Izaque produz e Lucas entra junto na comercialização em Canoa Quebrada e na sede do município. Na rua, entre os stands concorridos estava o da barraca da Boneca (Redonda – Icapuí) com os espetinhos de lagosta (R$ 15) e camarão (R$ 8). Com tempero simples e imperdível, o espetinho do Janilo ainda era acompanhado de farofa e vinagrete. 

Os casarões antigos abriram as portas e o fogão para receber as delícias dos chefs convidados. Foram experiências variadas e para todos os gostos. Liliane Pereira, do restaurante O Banquete montou uma versão de seu restaurante no quintal de um belo casarão e ofereceu pratos como o delicioso risoto de baião com carne de sol na cestinha de parmesão.

Chef Liliane Pereira

Jeanine Gurgel, do Zé Restô montou uma churrasqueira na calçada e a cada dia apresentava uma novidade como porco marinado e assado inteiro serviço em porções com vinagrete de abacaxi e barbecue de cajuína. O chef Rodrigo Holanda, do Cibo, preparou um delicioso sanduíche com cupim defumado, purê de batata, cebola crocante e barbecue de frutas vermelhas. MarieAnne Bauer, do Le Marché, preparou sua famosa e disputada paella com uma localização privilegiada ao lado da loja Brava Wine. Lá, garantimos nosso Casal Garcia para completar a experiência. Carlos Teixeira, do Butchers e Rosário Tessier, da Tratoria do Rosário, em Brasília, também serviram seus pratos durante o evento.

Agricultura Familiar

A arena Agricultura Familiar é um espaço destinado aos pequenos produtores da região e que espero ver crescer a cada evento por ser extremante relevante para a cultura alimentar do nosso Estado. Neste ano, conhecemos o amor por fazer os melhores produtos e orgulho de ser agricultora de Lourdes Pereira, do sítio Divina Luz, que fica em Quixaba dos Paulos. Suco de caju, cajuína, mel de caju, castanhas e doces são alguns de seus itens. “A gente produz há 15 anos. Esse sítio é a realização de um sonho porque meu pai era um pequeno produtor de castanha e vendia somente na nossa localidade. Hoje, conseguimos comercializar e levar nossos produtos muito além”, conta ela, que conta com o apoio da família. Para entrar com contato, basta ligar ou chamar no whatsapp (88) 99991-2525.

Do caju, as irmãs Annick, 32 anos, e Jessica Meier, 25, também aproveitam a castanha, mas é para fazer o queijo Keju. “Ao invés de entregar um dos produtos de maior preço da nossa região para as grandes empresas, decidimos agregar valor a esse produto para que o melhor dele seja aproveitado aqui mesmo na nossa região”, afirma Annick, que é de Canoa Quebrada.

A proposta da marca é ir além da comercialização e promover conhecimento e informação para que outros produtores da região também possam trabalhar melhor a matéria-prima tão farta por lá. Do leite da castanha, a dupla produz creme de queijo com valores a partir de R$ 8 (50 g) e sabores variados desde os temperados com ervas finas, beterraba, cebola e alho até o sabor natural. Os queijo de meia cura e curados custam a partir de R$ 25 (100 g) e são feitos somente por encomenda.

Oficinas de Culinária

Para quem gosta de aprender novas receitas, as oficinas gastronômicas estavam recheadas de técnicas e degustações. Durante os três dias, o público acompanhou o preparo de receitas no pátio do Museu Jaguaribano, com professores diferentes a cada dia, e na Arena da Agricultura Familiar, com os chefs João Lima, Felipe Viana e Van Régia. No primeiro dia, essa maravilhosa coxinha de carne de caju foi ensinada na oficina da @libiamaral, professora da Faculdade Vale do Jaguaribe, no pátio do #MuseuJaguaribano. Receita no nosso instagram – https://www.instagram.com/p/B4FTDEpnbI4/

No segundo dia de festival, A vice-campeã  da última edição do @masterchefbr@lorenadayse_, preparou um arroz de carne de sol com farofa para uma plateia lotada e cheia de perguntas sobre sua participação no programa. Dayse destacou que, no momento, ainda segue como enfermeira e nos dias livres tem participado de eventos e levado os sabores do Nordeste por onde passa. O desejo dela é ter condições de poder abrir um restaurante com esposo no futuro.

@escolagastronomiasocial marcou presença no evento com uma oficina que mostrou diferentes possibilidade do caju, desde a crostata com carne de caju até o bolo e pudim de caju. As receitas estão no destaque do nosso instagram Aracati 2019. Entre as lições da escola, valorizar os insumos locais é fundamental na formação dos alunos. Ver isso na prática, dando certo e ficando muito gostoso é incrível.

“O festival foi maravilhoso marcado por diversidade de sabores e atividades, tendo do sushi à panelada. O envolvimento das pessoas e empenho foi incrível. Para o próximo ano, queremos trazer o festival para o dia, realizar atividades, como almoços e oficinas. Queremos tornar o festival cada vez mais inclusivo e um tema que iremos explorar bastante é o veganismo. Dessa forma queremos que cada vez mais pessoas sejam contempladas”, afirmou Denise Pontes, secretária de Turismo e Cultura do Aracati.

Denise Pontes, secretária de Turismo e Cultura do Aracati (Foto: arquivo pessoal)

Estaremos lá na próxima edição e você? Vem com a gente!

3º Festival do Aracati

Fotos: Izakeline Ribeiro

*A jornalista viajou a convite da Prefeitura Municipal do Aracati

Comentários

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui