Harmonização de cervejas alemãs com queijos artesanais

0
2259

No dia 23 de Abril de 1516, o Duque alemão Wilhelm IV criou na Baviera a Reinheitsgebot, a Lei da Pureza Alemã, que regulamentava que a cerveja só poderia ser produzida utilizando três ingredientes: Malte, Lúpulo e Água. Atualmente, a data ficou conhecida como Dia da Cerveja Alemã.

No dia 21 de Abril de 2018 é o Dia Internacional da Valorização do Queijo de Leite Cru. Estes queijos são únicos em sabor, história e práticas tradicionais de fabricação. E, nesta data especial, celebramos um esforço mundial pela valorização do queijo de leite cru.

Unindo estas duas datas, anunciamos mais um Workshop na Mestre-Cervejeiro.com Fortaleza!!!

Faremos uma viagem mágica através da degustação harmonizada de Cervejas Alemãs com Queijos Artesanais produzidos com leite cru vindos diretos de Minas Gerais.

🍻 Schneider TAP 2 – MEIN KRISTALL
🍻 Schneider TAP 7 – MEIN ORIGINAL
🍻 Schneider TAP 6 – AVENTINUS
🍻 Schneider TAP 5 – HOPFENWEISS
🍻 Aecht Schlenkerla RAUCHBIER WEIZEN

🧀 Queijo Canastra do Miguel (São Roque de Minas/ MG)
🧀 Queijo Canastra do Ivair (São Roque de Minas/ MG)
🧀 Queijo Cedro (Santo Antônio do Itambé/ MG)
🧀 Queijo Bello (Cruzeiro da Fortaleza/ MG)
🧀 Queijo Imperial Premium (Serra Salitre/ MG)

Condução:
– Hálisson Ribeiro – Engenheiro de Alimentos
– Urllan Brito – Sommelier de Cervejas

Investimento: R$ 60 (pagamento em dinheiro, débito, crédito ou por transferência bancária para o Itaú, Santander ou Caixa Econômica Federal)
Data: 20/04 | sexta-feira | 19 horas
Local: Av Senador Virgílio Távora, 1055 | Shopping Manhattan | 85 3248-2050 | 85 9 8840-6790 (whatsapp)

 

Queijos artesanais produzidos com leite cru vindos direto de Minas Gerais

Queijo Canastra do Miguel (São Roque de Minas /MG): Tradicional queijo da Serra da Canastra, produzido de acordo com o método tradicional da região. Passa por um período de 21 dias de maturação. Aroma e sabor característico de queijo maturado. Casca lisa e amarelada, textura densa e macia. *

Queijo Canastra do Ivair (São Rogue de Minas /MG): Maturado em ambiente com alta umidade favorecendo o surgimento de mofo com tons de amarelo, rosa e branco. Se destaca pela aparência, casca crocante e massa macia/cremosa. Um queijo Canastra diferente do tradicional de casca amarela e lisa.

Queijo Cedro (Santo Antônio do Itambé/MG): Vindo da de uma das mais antigas regiões produtora de queijos de Minas Gerais. Quinta geração de produtores de Queijo. Peça com mofo bem distribuído, casca enrugada, textura macia e sabor complexo com presença de notas adocicadas, acido e levemente picante.

Queijo Bello (Cruzeiro da Fortaleza/MG): Queijo de leite cru produzido em Cruzeiro da Fortaleza/MG e afinado em Belo Horizonte/MG através de um processo inspirado nos tradicionais queijos franceses de casca lavada. Maturado em baixa temperatura e alta umidade por 4 a 5 semanas. Apresenta textura amanteigada e aspecto cremoso. Seu aroma intenso contrasta com a delicadeza do sabor.

Queijo Imperial Premium (Serra do Salitre/MG): Este queijo recebe uma resina preta na sua superfície proporcionando uma proteção ao queijo e uma maturação mais lenta. A textura varia de acordo com o tempo de maturação. Acidez se torna bem perceptível a medida que se matura.

Comentários

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui