Saberes, sabores e solidariedade marcam 2º dia de Festival Costume Gourmet At Home

0
2330

Além das receitas e dicas dos chefs, evento foi marcado pela solidariedade, com doações destinadas ao IPOM e Casa Vida

Anna Paula Rezende e alunos da Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco (fotos: Bruno Moura)

Em dois dias de Festival Costume Gourmet at Home, uma maratona de lives gastronômicas transmitidas pelo Youtube do Mercadinhos São Luiz apresentou receitas, informação, dicas valiosas dos chefs convidados e boa gastronomia. Além disso, o evento foi marcado pela solidariedade dos participantes, que fizeram doações destinadas ao Instituto Povo do Mar (Ipom) e à Casa Vida, vinculada ao Instituto do Câncer do Ceará (ICC).

No domingo (12), mais sete lives, sendo duas delas sob o comando da chef Lia Quinderé. Na primeira, patrocinada pela Sucré, ela ensinou a fazer molhos especiais para coxinhas, batendo um papo com Viviane Almada; e na segunda, mostrou o passo a passo para preparar biscoitos língua de gato e bolinhos madeleines, com mediação de outro amante da gastronomia, o empresário Patrick Alex.

Patrick Alex e Lia Quinderé

Dando um toque oriental ao festival, o chef Élcio Nagano ensinou duas receitas de dar água na boca: papelote de tilápia com alho poró e camarão tailandês com abacaxi. A mediação ficou por conta da jornalista especializada em Gastronomia, Izakeline Ribeiro.


Em um dos intervalos, pocket show com a dupla Paduo, que deixou o horário do almoço dos participantes mais leve e harmonioso.

A programação da tarde iniciou com live do chef paraibano, Onildo Rocha, que traz na bagagem o título de Melhor Restaurante do Nordeste, com o Cozinha Roccia, da revista Prazeres da Mesa. Com a participação de Bruna Hermogenes, mentora em culinária, Onildo mostrou de forma simples como a união de técnicas, práticas e ingredientes de qualidade podem resultar em pratos deliciosos. Na live, ensinou um creme de pimentões com tomates e uvas servido com crostata. O chef também mostrou como fazer um vinagrete de uva e um ravióli de abacaxi preminum, utilizando várias texturas da fruta, ideal para servir gelado como sobremesa.


“Conseguimos aqui fazer duas receitas, uma entrada misturando vários ingredientes e uma sobremesa utilizando um ingrediente só, mostrando também a importância de aproveitar o alimento na sua totalidade”, disse o chef. Quem acompanhou ainda conferiu dicas como uma receita de picles de uvas e um suco de uva cozida.

A chef Anna Paula Rezende comandou a segunda live da tarde com a participação de Mônica Pinto. Com a receita de torta brownie de banana com sorvete e caramelo, a chef aproveitou para falar sobre a Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco e compartilhou história de superação dos alunos durante a pandemia. Entre as dicas, a receita de um caramelo versátil com açúcar mascavo que pode ser utilizado em sobremesas, em pipoca e na tradicional maçã do amor.

Anna Paula Rezende

Em seguida, Hugo Righi entrou em cena, com a participação de Joana Ramalho, idealizadora do Festival, e ensinou o El Chancho Fried Chicken que é feito de cortes de frango empanados, uma salada de repolho com maionese defumada e picles, para acompanhar. Hugo sugeriu ainda chips de banana da terra completar o prato. Na live, ele compartilhou dicas sobre como fazer a fumaça líquida para defumar os preparos.

Joana Ramalho, idealizadora do Festival, e Hugo Rigui (El Chancho)

Para encerrar a programação do Costume Gourmet, Felipe Viana, do restaurante Geppos, eleito melhor chef do ano por duas vezes pelo Sabores da Cidade, ensinou um raviolone de gema com cogumelos trufados ao molho cacio pepe. Durante a live, o chef deu dicas para aprender a fazer uma tradicional massa italiana.


Fogão como protagonista

O diretor-presidente do Mercadinhos São Luiz participou da programação do domingo, em um bate-papo com Karime Loureiro. Neto destacou a importância dos festivais realizados pela empresa para reforçar um dos principais valores do São Luiz, que é gente, relacionamento com pessoas. “Nós gostamos de gente, gostamos de aproximação, do cheiro. Os festivais ampliam essa possibilidade de provocar mais proximidade, e de permitir que muitas empresas apareçam e lancem novidades”, declarou.

O diretor destacou ainda uma mudança de hábitos durante este momento de pandemia: “antes da Covid-19, o fogão vinha sendo substituído cada vez mais pelo microondas, e agora o fogão ganha força. As pessoas estão tendo mais prazer em fazer sua própria comida, e comida de qualidade“, afirmou.

Para quem não pôde conferir todas as lives, ou quem quiser rever as dicas, os vídeos ficaram salvos no canal (https://www.youtube.com/user/mercadinhossaoluiz), e as receitas estão disponíveis no Instagram @festivalcostumegourmet.

Comentários

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui