Como surgiram as comidas típicas juninas?

4
26206
Bolo de Milho - Retrô Doceria (Fotos: Aratu Fotografia)

A história das Festas Juninas antecedem a Idade Média, mas a origem das comidas juninas brasileiras começa na época da colonização portuguesa. As comemorações juninas já celebradas em Portugal foram trazidas pelos colonizadores, que produziam comidas típicas, principalmente com trigo e cereal, produtos, na época, provenientes da agricultura portuguesa, abundantes entre os meses de junho a agosto.

Bolo de Milho – Retrô Doceria (Fotos: Aratu Fotografia/Sabores da Cidade)

Ao chegar ao Brasil, os portugueses trouxeram sua cultura de festas que homenageava os santos católicos, mas o trigo ainda não fazia parte da agricultura brasileira. O milho sim, original das nossas terras, era um produto ideal, já que aproveitando a água da chuva, crescia fácil nas plantações não só do nosso país como da América do Sul inteira.

“As festas juninas chegaram ao Brasil, principalmente, com as Padres Jesuítas, que comemoravam as datas dos santos católicos. Aqui eles fizeram as comemorações com os indígenas e os caipiras, então as comidas passaram a ser adaptadas para o Brasil com a utilização do milho, da farinha de mandioca e da goma. Ainda foram adicionados a esses produtos algumas especiarias como a canela, o cravo da índia, a erva doce”, explica Léo Gondim, chef e professor do curso de Gastronomia da Universidade Federal do Ceará (UFC).

Bolo Pé-de-Moleque Foto: Izakeline Ribeiro

Muitas das receitas foram adaptadas pelos próprios índios e africanos que aqui habitavam. Gondim conta ainda como a cultura indígena e européia influenciaram a criação do pé de moleque: “um bolo bem tradicional, que foi utilizado a castanha do caju, a rapadura para dar o doce e também a puba, uma farinha da mandioca já fermentada, elementos bem indígenas, e o bolo assado no forno que é um coisa totalmente européia”. O bolo de milho é outra herança dos índios, que com o tempo teve as especiarias adicionadas a essa receita, assim como o coco. Do milho ainda surgiram a canjica, a pamonha, a pipoca e o munguzá.

Pratinho da Tia Célia – Foto: Íris Imagem/Sabores da Cidade

Um dos pratos mais tradicionais da Festa Junina, principalmente no Nordeste, o vatapá, tem sua origem na cultura africana e chegou ao Brasil por intermédio dos africanos iorubás. O prato pode ter um jeitinho diferente de preparar em cada estado, mas não falta nas barracas de comida. O milho e o vatapá estão no menu desde o início, mas as Festas Juninas com os anos se tornaram muito populares e outras comidas regionais se uniram ao cardápio típico das comemorações como o bolo de batata doce, a paçoca, a cocada, o arroz doce e o quentão, só para citar alguns.

Qual sua comida típica preferida?

Comentários

Comentários

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui