Yozenn lança novos sorvetes que unem sabor e saúde

0
940

A Yozenn Sorvete Saudável lançou dois novos sabores. Com ingredientes 100% naturais, zero açúcar, sem lactose e com produção artesanal, os novos sabores de abacaxi com hortelã e cumaru trazem um gostinho natural e saudável. “Nosso objetivo é sempre seguir inovando para trazer as melhores experiências para os nossos consumidores. Uma das nossas grandes premissas é oferecer produtos saudáveis para os clientes, porque nos preocupamos com a saúde de todos que consomem”, destaca o diretor da Yozenn Sorvete Saudável, Caio Nogueira.

Conhecido como a “baunilha brasileira” pelo seu forte aroma, o cumaru é um fruto típico da região amazônica, extraído de uma árvore de grande porte da família dos leguminosos. Ele possui o aspecto de uma noz de casca verde-amarelada, com uma semente e uma amêndoa oleosa. Geralmente, é consumido em doces, chás, vitaminas ou como um substituto da canela e da baunilha.

O cumaru une duas características que a Yozenn faz questão de trazer para os seus clientes: sabor e saúde! Isso porque o fruto possui, também, características medicinais, ajudando a combater doenças cardíacas, aliviar sintomas de asma, diminuir dores como cefaleia, reumatismo e cólica menstrual. Além disso, ele é capaz, também, de estimular a transpiração, facilitando a desintoxicação do organismo, tratar e combater inflamações.

O abacaxi é uma fruta rica em nutrientes, incluindo vitaminas A, C, B1, B2, B3, B5, B6, B9, manganês, magnésio e potássio. Na prática, o alimento tem uma influência positiva na imunidade e no fortalecimento do organismo após exercícios – isso porque ele possui uma enzima chamada bromelina, que reduz inflamações em tecidos musculares que tenham sofrido algum tipo de lesão.

Quando unido à hortelã, os benefícios são ainda maiores e melhores! A planta, também rica em vitaminas A e C, tem efeito anti-espasmódico, capaz de aliviar problemas digestivos, cólicas intestinais e azia. Além disso, possui ação expectorante, ajudando no alívio de tosses e congestão nasal.

Comentários

Comentários